Thursday, August 26, 2010

Brushpens

Como sempre me perguntam, vai aí um pequeno guia pelas "brushpens" que eu tenho.



A Pentel Standard é ótima. O traçado dela não é super preciso, dá aquela impressão de pincél seco quando você faz um traço mais pesado (que eu acho super legal), mas dá pra chegar num traço fininho e bacana com facilidade. A tinta original dela é bem pretinha e dá um aspecto bem bonito, porém não é a prova d'água. O que pode ser usado a seu favor. As vezes eu crio sombras e meio tons só com um pencél molhado com água. A minha é a Super Fine, mas tem outras espessuras.


Eu tenho essa outra caneta parecida com a Pentel, que ganhei mas não sei a marca. A resposta dela é melhor que a da Pentel. Mais precisa e com menos aparência de pincél seco. Também é bem pretinha e essa sim é a prova d'água.
Eu recomendaria muito se soubesse a marca, mas se alguém por aí souber...
(É a verdinha da foto lá em cima!)

A Akashiya Bamboo Barrel é um delícia de desenhar, com o cabo de bamboo natural e o corpo um pouco maior que as outras. A variação de espessura no traço é bem grande mas eu acho ela um pouco indomável. Não consigo a resposta que eu quero com muita precisão. Acho que ela é ideal pra desenhar em tamanhos maiores. Nunca tentei. Ela fica entre as 2 anteriores na questão "pincél seco". Mas com uma variação maior de espessuras de traço. A tinta é mais escura e é a prova d'água também, mas ela borra um pouquinho qdo molhada, deixando um "fantasminha" na linha.


A Pentel Pocket Brush é a minha recomendação de custo X benefício. Ela é muito precisa e com uma variação de traço muito boa. Não consigo linhas tão fininhas como na Standard, mas finas o suficiênte. Ela me dá bastante controle sobre o traço. A tinta original dela é um pouco mais clara, não chegando a ser bem preta. Mas em compensação ela é a prova d'água, o que me permite colorir com aquarela sobre o traço sem medo de borrar. O tamnaho dela também é ótimo, cabendo bem no bolso ou no estojo. O que já não acontece com as outras acima.

Eu tenho uma outra pentel pocket que eu encho com nankin. Funciona bem. A resposta da tinta é um pouco mais seca que a tinta original e o nankin tende a secar e danificar um pouco as cerdas. Então aconselho a lávar a caneta de tempos em tempos. Pra colocar o nankin eu uso um cartuchinho de tinta original vazio e uma seringa de insulina.



Agora a mais nova aquisição da casa é uma Kuretake nº40 com pelo natural de Marta. É realmente foda. Ela é um pouco mais fina que a pentel pocket dando traços mais finos e um alcance menor. Mas a precisão é absurda. E a resposta dela é mágica. Mal chegou e já deu um banho nas outras. A tinta original que vem nela é ainda mais clara que a da Pentel e não é a prova d'água, mas existe outra tinta a venda que é compatível (Platinium Carbon Ink) essa é mais pretinha e a prova d'água. E Eu comprei também um adaptador pra transformá-la numa "fontain pen" aí sim, dá pra encher ela com a tinta que você quiser. Ainda não terminei carga da tinta original para testar o adaptador, mas tenho certeza que vamos ser muito felizes juntos :P.
O único problema dela é o preço, que é bem salgado.


Então a melhor é sem dúvida a Kuretake. Quem já trocou um pincél artificial por um de marta, sabe do que estou falando.
Mas minha recomendação continua sendo a Pentel Pocket Brush pensando em desempenho X preço.

Eu compro canetas e recargas no site jetpens.com vem direitinho e rápido.
Mas como todo material de desenho importado, está sujeito a taxação.

ATUALIZAÇÃO!
Veja também - Brushpens 2.0

8 comments:

Marcus "Japs" Penna said...

Aeeeeee! Com figurinhas!

lazarini said...

Ai Leo, muitolegal sua dicas das canetas pinceis, adorei. conheço alguma mas uso raramente, gostei de teu blog e trabalhos, parabens. sucesso.

lazarini

coloquei no meus links ok.

Rodrigo said...

Abaixo de 50 Dolares não é taxado né?

Sabrina Eras said...

ai, mamãe. Tô passano mal c esse seu post. Conta internacional de virada de ano não estava nos meus planos, hahahahaha
bjaum e um ótimo 2011

Maurilio DNA said...

Cara. FAntásticos esses brushpens. Mas eu to namorando as canetas/pena q tem no Jetpens.

Quando vc pagou de imposto, e a partir de qual valor vc foi cobrado?

Sucesso!
Abs.

Carlo Sekko said...

Muito legal o post. Não tnha idéia desse monte de opções para as brush pens. Utilizo as da marca Sakura, que não demoram muito perdem a firmeza da ponta. Vou procurar essas mais profissas, onde posso colocar tinta e trocar a ponta.

CELSO MATHIAS said...

EXCELENTE POST!

Anonymous said...

Olá Leo.
Você perguntou da segunda caneta, a verdinha ("?") e ela é da Kuretake. Eu comprei ela na Liberdade (livraria Sol), paguei R$46,00 nela, o número dela é 24. Sim, paguei esse preço na gana de ter uma dessas rsss. Na própria loja eles vendem tanto a carga quanto a tinta (sumi) da Kuretake, mas rola uma gambiarra para quem quiser usar outros tipos de tinta. Quanto as cerdas, a dona da loja disse que elas aguentam bastante.
Espero ter ajudado,
Abs
Cláudio